5 Dicas Importantes Para Poupar No Supermercado

poupar no supermercado

Parece irrelevante, mas é cada vez mais importante ter atenção nas compras mensais para casa. Na verdade, é possível poupar vários euros se houverem critérios a ter em conta. Assim sendo, abordamos algumas dicas que podem tornar o orçamento final e poupar no supermercado.

Deixe os seus filhos em casa

Primeiramente, isto não é uma dica. Mas, todos sabemos que levar os filhos para o supermercado é o oposto de dizer que quer poupar no supermercado. É claro que só é possível dar às crianças aquilo que nos é possível. Todavia, muitas vezes por birra acabamos por ceder e, muitas vezes, dá impacto nas contas finais.

Porém, a poupança não é por dar um mimo ao seu filho, mas sim por proporcionar a oportunidade de fazer compras que não eram necessárias, como vamos falar seguidamente.

1 – Faça uma lista de compras antecipadamente

Parece uma velha história de que é funcional, mas que acaba por não ser. Mas, a verdade é que é eficaz. Quando o objetivo é poupar no supermercado devemos ter em conta que, a prioridade, é encher as prateleiras da cozinha com o que realmente necessitamos.

Os supermercados criam as lojas em prol de apelar à compra por impulso. A título de exemplo, maioria das cadeias de hipermercados têm na entrada para a loja zonas sazonais, onde colocam o que lhes interessa vender, muitas vezes nem estão em promoção, mas são épocas que faz sentido, como natal, altura escolar, carnaval, entre outros. E, apelando a isso, todas as prateleiras têm um só sentido, colocar os seus olhos no que lhes é mais relevante e impulsionar à compra.

Exemplo: Sabia que a ordem das prateleiras estão feitas para que os seus olhos se concentrem no que eles realmente querem vender? O que é mais proporcional à venda está sempre colocado nas prateleiras centrais, pois, é o local para onde os seus olhos iniciam a procura!

Assim sendo, a lista na mão ou no telemóvel são uma arma secreta para evitar compras por impulso, mas também as compras por julgar que lhe falta o produto, sem realmente faltar.

2 – Não vá às compras com fome

De facto, parece ser algo sem impacto. Todavia, ir às compras com fome eleva o motivo de realizar compras por impulso. Ir às compras com fome significa que procuramos indiretamente e sem motivo aparente alimentos que nos dê mais prazer. E, é esquecido a prioridade de encher as prateleiras da melhor forma.

3 – Verifique os folhetos e promoções

Nada melhor do que entrar num hipermercado e ter noção do que é possível comprar em promoção. Todavia, estar a par dos folhetos também podem levar a perceber que outro super ou hipermercado conseguem ter preços mais satisfatórios para aquilo que procura.

Atenção aos folhetos e promoções

Na verdade, nem sempre o que surge num folheto é motivo para disparar um alarme de bom preço De facto, estratégias de marketing apelam a que seja levado a pensar que realmente compensa. Assim sendo, perceba se realmente vale a pena a promoção e compare a outros produtos semelhantes que já tenha comprado ou, na verdade, compare com a concorrência.

De igual forma as promoções podem ser enganosas. Todos sabemos que existem subidas nos preços para simular promoções. Assim sendo, compare no KuantoKusta.

Veja o preço do quilograma

Existe muito a ilusão de que um produto está mais barato que outro, com ou sem promoção. Porém, muitas vezes nem reparamos que trazem quantidades diferentes. Ainda assim, mesmo em artigos de promoção, opte por verificar o preço ao quilograma. Pois, irá perceber, que as promoções muitas vezes continuam com o preço ao kg mais caro!

4 – Tenha atenção aos produtos LIGHT e ZERO

Não podemos deixar passar em vão. Porém, a verdade é que muitos dos produtos rotulados de zero e light muitas vezes não passam de uma mentira com perna curta. E, para piorar, são sempre produtos mais caros e que, no final das contas, não são beneficiais.

A melhor forma de perceber estes produtos é comparar com a versão normal e ver as calorias (kcal) por 100g de produto. Verá, facilmente, que muitos deles acabam até por ter mais calorias. Contudo, nem todos são iguais, mas a verdade é que para serem rotulados como tal cortam nos açúcares, mas aumentam à gordura, o que acaba por não trazer benefícios! Na verdade, prejudica, pois, acabará por não poupar no supermercado!

5 – Procure marcas brancas

É, na verdade, algo muito básico, mas que muitas vezes é esquecido por se julgar que a diferença na confeção do produto é muito diferente. Mas, não se iluda, é tudo igual, a diferença está no rótulo, ou seja, paga a marca além do produto! Porém, pode haver diferenças que compensem comprar produtos mais caros, mas tenha sempre isso atenção primeiramente.

A poupança em alguns artigos é de cêntimos, mas quando chegamos a alguns géneros de artigos, tais como massas e arroz, as diferenças podem ser bem grandes.

O Básico para poupar no supermercado

Assim sendo, abordamos algumas dicas que podem ser essenciais para colocar o orçamento mais leve nas famílias na hora da ida às compras. Porém, há alguns pormenores que podem, a longo prazo, ter um impacto positivo nas contas e que muitas vezes são esquecidas ou ignoradas e são uma ajuda para poupar no supermercado.

Leve os seus próprios sacos

Muitas vezes chegamos ao supermercado para realizar as compras e acabamos por pedir um saco para levar as mesmas. E, parecendo um valor mínimo, a verdade é que a longo prazo têm um impacto grande, consoante o saco e a quantidade de sacos comprados de cada vez que são necessários.

Tenha em atenção as validades

Vários produtos têm validades reduzidas e devem ser colocadas de forma correta nas prateleiras de cada, para serem usadas primeiramente antes que a data seja ultrapassada. Ainda assim, deve rever sempre a validade na hora da compra, pois, é uma forma de conseguir poupar alguns euros. Na sua casa, organize-se!

Reutilize embalagens

Na verdade, muitas vezes entramos no esquecimento que há várias embalagens que podemos reutilizar, onde acabamos por comprar artigos próprios para conservar alguns produtos. Se compra artigos em vidro lembre-se que após lavagem correta podem ser utilizados para conservas.

Olhe para o seu frigorífico

Para uma ótima conservação de alimentos e evitar que os mesmos se estraguem, deve optar por organizar o seu frigorífico da melhor forma e perceber como podem e devem estar salvaguardados os seus alimentos. De facto, um frigorífico organizado é meio caminho andado para o não desperdício!

Ler também: IRS 2022: como aumentar o reembolso?

Partilhe este artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Deixe o seu comentário
Subscrever
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments