Bolsa de Emprego Público, tudo que precisa saber está aqui!

Bolsa de Emprego Público

É na procura pela estabilidade profissional e financeira que muitos portugueses procuram pela Bolsa de Emprego Público (BEP). Mas, o processo de candidatura mostra-se um pouco mais complexo quando comparada ao de uma empresa privada. Costuma requerer mais atenção e ser mais demorado, daí, ler todo o artigo é primordial para a sua preparação.

O que é uma Bolsa de Emprego Público?

Seguindo a língua técnica da lei, a bolsa de emprego público é uma base de informação que visa simplificar e agilizar a divulgação dos processos de recrutamento e de mobilidade dos recursos humanos da Administração Pública.

Explicando de forma mais pratica, BEP é uma espécie de agencia do governo que capta informações dos empregos públicos disponibilizados pelo estado e disponibiliza-as para candidatura do público em geral.

Quem se pode candidatar?

Segundo a lei, todos os cidadãos têm o direito de acesso à função pública, em condições de igualdade e liberdade, em regra por via de concurso. Mas, de acordo com a função que se pretende, pode ser exigido grau académico ou titulo profissional. Existem também alguns requisitos comuns de algumas autarquias como: hospitais, escolas, universidades, e outras entidades publicas.

Assim sendo, confira os requisitos:

  • Nacionalidade portuguesa (quando não dispensada pela Constituição, por convenção internacional ou por lei especial);
  • 18 anos de idade ou mais;
  • Registo criminal limpo;
  • Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;
  • Vacinação em dia.

Como se candidatar à Bolsa de Emprego Público?

Caso seja um interessado nos cargos públicos, comece por acompanhar a pagina Bolsa Online de Emprego Público. Neste portal irão estar todas as vagas e ofertas de empregos disponíveis. Mesmo que o BEP seja a forma mais simples de consultar as oportunidades, é também possível ver ofertas no Diário da República e em sites de outras entidades públicas.

No website da bolsa de emprego público é possível que faça pesquisas de emprego utilizando palavras-chave da sua área de interesse. Para melhorar a procura, deve colocar o termo que melhor poderá filtrar o seu resultado. Por exemplo, se pretende concorrer a um cargo num hospital público, coloque a palavra “hospital” na pesquisa. Se a localização geográfica for o fator mais relevante, coloque a cidade ou o distrito. Por fim, se clicar na data limite, ordena as ofertas de forma cronológica.

Como avaliar as ofertas?

Após filtrar as ofertas que são do seu interesse deve considerar cada uma ao olhar para os pequenos detalhes. Lembre-se, está a avaliar algo que pode ficar por muito tempo na sua vida. Ao clicar no código da vaga, aparecerão várias informações sobre a oferta, tais como: qual o contrato, a entidade que deseja contratar, a remuneração, os requisitos específicos e outras informações. Essencialmente, existem três tipos de oferta:

  • Procedimento Concurso Comum, trata-se de um recrutamento para a ocupação de um posto de trabalho que está vago. Neste caso, se a sua candidatura tiver sucesso, conseguirá imediatamente um emprego no Estado.
  • Procedimento Concurso para Constituição de Reserva de Órgão/Serviço, esta oferta serve para constituir reservas de pessoal para satisfação de necessidades futuras do empregador público. Assim, se tiver sucesso na candidatura, só conseguirá o emprego no Estado se a entidade em causa o requisitar no futuro.
  • Procedimento Concurso de Regularização, indicada para regularizar situações de vínculo precário dentro das entidades públicas, pelo que são destinadas apenas a quem já trabalha no Estado.

Também encontrará outros tipos de ofertas, como: Contrato Individual de Trabalho (trabalhadores que estão sujeitos à lei laboral do setor privado e não integram uma carreira no Estado); Concurso Externo (destinado apenas a não funcionários públicos) e vários Concursos Internos (de ingresso, de acesso geral e acesso misto) que servem apenas para quem já é funcionário público.

Como formalizar a sua candidatura?

Após cumprir todos os requisitos da vaga para a bolsa de emprego público, é possível avançar para candidatura. Pressione os botões “Formalização de Candidaturas” e “Descrição de Procedimento”, dentro do detalhe de cada oferta encontra toda a informação necessária. Leia com cuidado, algumas entidades contratantes descrevem os procedimentos a serem seguidos pelos candidatos logo na descrição da oferta.

Normalmente, os documentos exigidos podem ser enviados por meios eletrônicos (e-mail ou formulário a preencher num site para o efeito). Mas, muitas entidades continuam a exigir o envio dos documentos de candidatura através de carta registada.

Os documentos variam de acordo com a entidade contratante e o tipo de concurso.

Selecionar os candidatos

Seguindo a candidatura da bolsa de emprego público, há a seleção dos candidatos, esta varia de acordo com o procedimento do concurso e entidade que está a contratar.

É comum haver prova de conhecimentos para os candidatos que não exercem atividade igual a do posto de trabalho requerido. Estas provas destinam-se a avaliar as competências técnicas necessárias ao exercício da função. É também realizada uma avaliação psicológica, destinada a avaliar as restantes competências exigíveis.

Caso o candidato já exerça a atividade pretendida, pode ser efetuada apenas uma avaliação curricular, destinada a avaliar as funções desempenhadas na categoria e no cumprimento ou execução da atribuição, competência ou atividade em causa e o nível de desempenho nelas alcançado.

Habitualmente, o processo da bolsa de emprego público termina com uma entrevista de avaliação das competências exigíveis ao exercício da função.

Partilhe este artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Deixe o seu comentário
Subscrever
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments