Tudo o que precisa saber sobre Criptomoedas

criptomoedas

Cada vez mais em alta, as criptomoedas, vêm para mudar a sua conceção do que é dinheiro. Veja o necessário para dar os primeiros passos no mundo cripto.

Se já sabe o que são criptomoedas e tem interesse em investir, visite a plataforma Coinbase, pois é uma corretora com um leque de criptomoedas muito interessantes!

O que são Criptomoedas?

Tiveram início em meados de 2008, com a criação da bitcoin, a primeira criptomoeda inventada. Foi criada para ser um sistema de dinheiro eletrónico ponto-a-ponto, ou seja, um sistema que elimina os intermediários (bancos).

Sem os bancos, deve estar a perguntar, mas quem garante essa transação? A blockchain, uma base de dados compartilhada que faz o registo de validação de transações digitais, trocas de informações processadas por utilizadores de uma rede descentralizada de computadores.

De modo geral, criptomoeda, é uma moeda virtual que pode ser usada nas transações digitais. Vale realçar que existem duas grandes diferenças dessa moeda para a que estamos acostumados a transacionar no dia a dia, confira:

  • É totalmente digital, não existe de modo físico;
  • Não são emitidas por nenhum governo, geralmente não são emitidas por nenhum controlo central, o que as torna, teoricamente, imunes à interferência ou manipulação do governo.

De onde vêm as criptomoedas?

 As unidades Criptomoeda são criadas por um processo conhecido como mineração, que envolve o uso do computador para resolver problemas matemáticos complexos que resultam na geração de dinheiro. Os utilizadores também podem usar as corretoras para comprar a moeda, que podem armazenar ou gastar a usar cartões criptográficos. Veja o passo a passo de como comprar:

Escolha uma plataforma, normalmente há duas opções: as corretoras tradicionais e a bolsa de valores de criptomoedas dedicada. Pode dar uma vista de olhos na plataforma que abordamos aqui.

Ao comparar diferentes plataformas, considere quais as criptomoedas que estão disponíveis, as taxas cobradas, recursos de segurança, opções de armazenamento e segurança, ou quaisquer os recursos educacionais.

Transfira capital para sua conta, a maioria dos câmbios de criptomoedas permite aos utilizadores comprarem a usar moedas fiduciárias (ou seja, emitidas pelo governo), como o dólar americano, a libra britânica ou o Euro, usando cartões de débito ou crédito. As normas variam consoante a plataforma.

Escolha a sua cripto, após estudar algumas criptomoedas e decidir em qual delas vai investir, selecione “comprar”, escolhendo o tipo de pedido, inserindo a quantidade de criptomoedas desejada e confirmando o pedido. O mesmo processo se aplica a ordens de “venda”.

Alguns serviços de pagamento, como Paypal, Cash App e Venmo permitem que os utilizadores comprem ou vendam criptomoedas.

Qual o funcionamento das criptomoedas?

Após minerada ou comprada através de corretoras, as criptomoedas podem ser usadas normalmente para pagamentos online seguros, validados por um livro público distribuído, a blockchain.

As tecnologias usadas para proteger essas entradas e movimentações, são vários algoritmos de criptográfica, como criptografia de curva elíptica, pares de chave pública-privada e funções de hash.

Vale realçar a curiosidade de que, o nome criptomoeda deriva do recurso utilizado para verificar as transações, criptografia.

Caso queira armazenar criptomoedas, é possível usar uma casa de câmbio ou uma carteira digital, que são dispositivos físicos ou software online usado para armazenar as chaves privadas de criptomoedas com segurança.

Quais as moedas do momento?

  • Bitcoin (BTC): a mais antiga e mais conhecida das moedas digitais. Segundo especialistas, tem potencial para chegar a valer 100 mil dólares;
  • Ethereum (ETH): criada com o objetivo de descentralizar ativos e ser melhor que a bitcoin, muitos analistas acreditam na sua valorização;
  • Solana (SOL): uma plataforma de contratos inteligentes, escalável com alto valor para as finanças descentralizadas, veio com o objetivo de ser melhor que o Ethereum.
  • Polkadot (DOT): um protocolo que tem o objetivo de conectar todas as blockchain, além de capturar boa parte do mercado da rede Ethereum.
  • Avalanche (AVAX): segundo especialistas, trata-se de um protocolo com vantagens superiores em escalabilidade e programação do que a rede Ethereum.

Estas são algumas das criptomoedas mais faladas no momento, lembrando que não é uma recomendação de compra, mas, uma recomendação de que vale a pena estudar sobre cada uma delas.

O mundo cripto tem diversas possibilidades, existem pessoas que ficaram milionárias com a valorização das criptomoedas. Mas, também existem pessoas que observaram o seu dinheiro diminuir significativamente ao investir em ativos que desvalorizaram.

Portanto, o ideal é que estude cada ativo, e cada ‘nuance’ deste novo mundo que são as moedas virtuais, abra o link abaixo e descubra quais os riscos e possibilidades que corre!

Partilhe este artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Deixe o seu comentário
Subscrever
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments